No retorno de Damião, Inter empata com a Portuguesa

19/08/2012 0 Por Fernando Feiden

Após a vitória domingo passado contra a Ponte Preta, em casa, o Inter foi a São Paulo nesta semana tendo o objetivo de voltar com, no mínimo, três pontos na bagagem. Depois de perder para o Corinthians na quinta-feira o colorado precisava de uma vitória hoje, no Canindé, contra a Portuguesa.

Damião em seu retorno ao Inter após período na Seleção. Foto: Alexandre Lops/ Internacional

O Inter contava com retornos importantes e começou o jogo com Damião e Rafael Moura no ataque e Diego Forlán na meia, mas quem quase abriu o marcador logo aos 20 segundos de jogo foi a Portuguesa. Após uma boa troca de passes, Bruno Mineiro invadiu a área e Muriel saiu com precisão evitando o gol paulista.

O primeiro tempo não foi bom e as equipes não conseguiram criar boas chances. Até que aos 20 minutos o Inter teve sua grande chance de marcar. Rafael Moura fez bela jogada pela ponta esquerda e serviu Kléber dentro da área, o lateral driblou o marcador e finalizou de pé direito para grande defesa de Dida, no rebote Leandro Damião chutou forte e o experiente goleiro salvou mais uma vez.

Com uma primeira etapa fraca o treinador colorado Fernandão modificou a equipe e o esquema tático. Elton foi substituído pelo zagueiro Juan, que fez sua estreia pela Inter, com o time passando para o 3-5-2. O jogo seguiu sem grandes emoções, com o Inter sofrendo com o problema de ligação do meio com o ataque, o uruguaio Diego Forlan não conseguia criar boas chances para dupla de ataque formada por dois centroavantes.

A Portuguesa chegou a levar perigo na bola parada, aos 12 minutos Marcelo Cordeiro cobrou falta obrigando Muriel espalmar para escanteio. Na sequencia, aos 14 minutos, Nei foi lançado por Forlan, entrou livre, mas chutou fraco para fácil defesa de Dida. Minutos depois Fernandão sacou Rafael Moura e colocou Fred, adiantando Forlan para jogar ao lado de Damião, o uruguaio cresceu no jogo. Aos 29 minutos Damião sofreu falta ao lado da área. Na cobrança, Kléber colocou na cabeça de Juan, que com uma bela finalização venceu Dida e abriu o marcador para o Inter.

A equipe gaúcha tentou segurar o resultado para levar os três pontos para casa, mas a vantagem não durou muito. Marcelo Cordeiro levantou bola na área e Índio se enroscou com Diego Viana, que acabara de entrar. O árbitro Nielson Nogueira Dias assinalou pênalti para Lusa. Os jogadores colorados tentaram argumentar em vão. Marcelo Cordeiro cobrou no centro do gol, deslocando Muriel, empatando o jogo e entrado para a galeria dos ex-jogadores colorados que marcaram contra o Inter nos últimos anos.

Fernandão ainda tentou colocar o time à frente, Jajá entrou no lugar de Ygor, mas nada mais aconteceu na partida. A Portuguesa aumentou sua série de jogos invicta e o Inter, mesmo seguindo na quinta colocação, se afastou do G4.