- De olho na base, Grêmio, Notícias

Grêmio suporta pressão e alcança o bicampeonato da Taça BH de juniores

O Grêmio sagrou-se bicampeão da Taça BH de juniores nesse domingo. A partida realizada em Nova Serrana, no Estádio Arena do Calçado, contra o Flamengo, reeditou a final da segunda edição do torneio. O jogo foi amplamente dominado pela equipe rubro-negra, mas quem levou a melhor foram os gaúchos. O empate em 0 a 0 nos 90 minutos forçou a decisão por pênaltis e consagrou o goleiro Ygor, que defendeu duas cobranças.

Grêmio conquistou o título em partida realizada nesse domingo contra o Flamengo. Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem

A conquista veio de maneira sofrida. Ao longo de toda a partida a supremacia do time do Rio de Janeiro era evidente, o que só piorou com a expulsão de Gerson no início da segunda etapa. Essas adversidades só contribuíram para consagrar um jogador gremistas – o goleiro Ygor. Ele não havia feito ainda uma grande exibição, mas no jogo decisivo foi surpreendente. Além de evitar 3 chances claras de gol durante a partida, pegou dois pênaltis, de Romário e Fernandinho, que garantiram o bicampeonato. O único a perder sua cobrança pelo lado tricolor foi André.

Essa foi a quarta vez que o Grêmio chegou a uma final da Taça BH. Em 1985 e 1986, foi vice campeão, sendo que na última, perdeu para o mesmo adversário de hoje, o Flamengo. O primeiro título só foi alcançado em 2008, em uma geração comandada por Douglas Costa.

A delegação gremista foi composta por: Marco Biasotto, Gustavo Fragoso, Marcelo Mabília, Paulo Araujo, Diego Mello, Alex Oliveira, João Roberto da Fonseca, Ricardo Gobbo, Lucas Cruz e Diego Simões.

Os atletas campeões: Ygor, Jota, Tinga, Léo Campos, Gerson, Felipe Pires, Camilo, Rafael Thyere, Luan, Misael, Gustavo Xuxa, Guilherme Biteco, Calyson, Everton Junior, Lucas Gabriel, Gabriel, Pablo, Fabian, Yuri Mamute, André e Lucas Coelho.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.