Site icon Conexão Grenal

Da quarta divisão paulista para o tricolor gaúcho

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Luan Guilherme de Jesus Vieira, este é Luan, meia atacante e grande destaque do inicio da temporada do tricolor, nascido em São José do Rio Preto, o jovem atleta modificou o estilo de jogo do Grêmio em 2014. Luan ganhou destaque no Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2013 e em 2014 começou a temporada como craque do time Sub-20 gremista, na partida  contra o Lajeadense, entrou no segundo tempo e logo chamou a atenção por sua habilidade ligada à velocidade na armação dos ataques.

O garoto chegou ao Grêmio como centroavante, mas pela qualidade e sua facilidade em movimentar-se foi transformado em meia-atacante. Até o momento mostra que tem uma carreira deslumbrante pela frente, mas até aqui tudo aconteceu muito rápido. Em 2012 era jogador do pequeno Tanabi da quarta divisão de São Paulo, com boas atuações na Copa São Paulo pelo América de Rio Preto, chamou a atenção da diretoria gremista que o contratou.

Luan foi destaque do Grêmio diante do Nacional | Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Com a lesão de Kléber, Enderson Moreira apostou no jovem e ele correspondeu às expectativas, com a total liberdade que o treinador deu ao meia, o destaque gremista realiza uma grande movimentação pelo gramado durante todas as partidas. Contra o Esportivo, por exemplo, comandou a equipe mista que foi a campo, neste jogo, o lado esquerdo e a parte central do gramado foram suas áreas principais, mas o lado direito também fazia parte do repertório do atleta.


Luan busca as jogadas por todo o campo ofensivo. Infográfico: Footstats

O Grêmio ganhou com Luan, o que buscava com Kléber no ataque, o jovem por ser advindo do futebol de salão, é um exímio driblador, posiciona-se bem e sempre se utiliza de toques rápidos na bola – nesse estilo, saiu o seu gol contra o Brasil de Pelotas, onde conseguiu se colocar-se na área com liberdade para encobrir o goleiro – além do jovem ajudar Zé Roberto na criação das jogadas de ataque. O atleta funciona como um falso segundo atacante, onde além de estar na área para auxiliar Barcos, ele também inicia as jogadas antes do meio campo.

Luan, de acordo com o site Footstats, no campeonato gaúcho, buscou o drible em 28 oportunidades, acertou 24, sendo o jogador que mais acertou dribles na competição. Kléber que seria o titular da posição caso não tivesse se lesionado, dificilmente tenta a jogada individual,  atacante de oficio busca por diversas vezes o contato corpo a corpo com o adversário, com isso Luan trouxe uma movimentação diferente para o tricolor. Zé Roberto até o momento acha que o jovem deve crescer com a experiência: ‘’Ele é um jogador muito novo. Acho que essa sequência de ele estar entrando e treinando com a gente vai ser muito boa para ele. É um jogador de grande qualidade”, afirmou.

O meia atacante paulista vem chamando a atenção, mas como todo jovem é preciso ter cuidado e muita cautela com o crescimento do atleta. A tendência é de um crescimento técnico, tático e pessoal em curto espaço de tempo, mas é essencial ter calma com o jogador, é necessário saber lapidar o atleta e não colocar em suas costas uma responsabilidade grande demais, como por exemplo, ser o principal nome da equipe na maior competição das américas e isso Enderson Moreira sabe fazer com qualidade.

Sair da versão mobile