Grêmio vence de virada o Botafogo, 2 a 1

barcos_rodriguinho.jpg

Rodriguinho segue de titular no meio gremista Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Com a possibilidade de assumir a liderança do Brasileirão, o Grêmio entrou em campo sem Edinho e com Ramiro no meio campo. Logo no início da partida o meia Carlos Alberto, do Botafogo, consegue fazer boa jogada e deixar Zeballos na cara de Grohe, que não conseguiu evitar o gol carioca. Eram sete minutos e o placar já havia sido inaugurado. Depois disso o Grêmio retomou o controle da partida e voltou a pressionar, mesmo com mais posse de bola faltava a finalização. O Gol de empate só saiu já nos minutos finais do primeiro tempo. Bola na entrada da área para Barcos que domina e toca para Rodriguinho que bate forte e marca. Placar justo para o que foi apresentado nos primeiros 45 minutos.

Na segunda etapa o Grêmio manteve a maior posse de bola e dominou o jogo, mas sem grandes penetrações no ataque. Por volta dos 25 minutos uma falta sofrida por Ramiro, no meio campo, esquentou o tempo. Emerson Sheik, pela falta, e Barcos, por reclamação,  receberam cartão amarelo. Faltando pouco menos de 15 minutos para terminar o jogo, Enderson Moreira fez duas alterações. Colocou Maxi Rodriguez no lugar de Rodriguinho e Zé Roberto no lugar do Ramiro. Foi com o Botafogo cansado e desorganizado que o meia uruguaio faz boa jogada na entrada da área do time carioca, chutou forte para virar o jogo. Depois do gol, nova alteração, entrada de Edinho no lugar de Dudu e o Grêmio apenas administrou o resultado.

Com esse resultado o Grêmio soma agora 13 pontos e ocupa, momentaneamente, a 2ª colocação. O próximo jogo é no sábado, dia 24, diante do São Paulo, fora de casa.

Thales Barreto

Thales Barreto

Sou Thales Barreto e tenho 33 anos. Me formei em jornalismo pela Famecos/ PUCRS em 2009. Atualmente faço pós graduação em Influência Digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo