- Internacional, Notícias

Fernandão, uma história sem fim

A vida prega peças. Dessa vez, quis o destino que Inter e Goiás se enfrentassem no dia 16 de agosto de 2014, exatos 8 anos após a conquista da Libertadores da América pelo Internacional. Quem levantou a taça naquela noite? Fernando Lúcio da Costa, o Fernandão, o eterno capitão. Ídolo das duas torcidas, Fernandão vai ser homenageado antes do início da partida pelo clube que o formou e o projetou para o futebol.

Sem dúvidas, essa será uma partida de fortes emoções para todos os torcedores presentes no estádio Serra Dourada. Muitos viram o centroavante surgir na categorias de base do clube e, logo depois, desbravar a Europa com a sua liderança e o seu bom futebol, e então voltar ao Brasil para jogar pelo Internacional e se tornar o “Capitão da América” pelo clube colorado. Não existem elogios que sejam capazes de descreve-lo e tudo aquilo o que ele representa, mas nós, do Conexão, tentamos humildemente homenageá-lo em alguns de nossos textos recentes:  “Fernandão, o eterno capitão colorado” e “Se isso for um sonho… Por favor, me acorde”.
Relembre alguns grandes momentos de Fernandão:

Todas as homenagens já feitas por ambos os clubes não parecem suficientes pelo tamanho e idolatria que Fernandão tem. Não há como agradecer tudo o que o Capitão América proporcionou à torcida colorada. Todos os sorrisos no rosto depois dos jogos colorados e a vitória conquistada, o sentimento de paixão que ele fez aumentar pelo clube alvi-rubro, um amor recíproco entre o jogador e o Internacional.

Esperamos que Inter e Goiás possam fazer um grande jogo na noite de hoje e consigam arrancar um sorriso de Fernandão, independente da onde ele esteja, mas que se sinta com o dever cumprido.

Escrito por Gabriel Corrêa

Estudante de jornalismo.
Leia outras publicações de Gabriel Corrêa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.