- Opinião

Não punam o Grêmio

Na entrevista coletiva após a derrota para o Atlético-PR o técnico Roger Machado do Grêmio foi indagado sobre a opção de recuar Luan para a função de Douglas e em seu lugar o aproveitamento do centroavante Bobô. Roger pareceu um pouco incomodado, mas falou sobre a sua preferência por esses jogadores e não por Lincoln, no entanto pouco antes de terminar, o treinador declarou “O Lincoln sabe por que tem tido poucas oportunidades”.

Abrem-se inúmeras hipóteses para que esta letra tenha vindo somente neste momento, podemos pensar que o treinador não goste do jogador porque Lincoln tenha problemas extracampo ou que não se esforce nos treinamentos, mas o que Roger Machado não pode fazer é punir a sua equipe. Está bem claro que o Grêmio perdeu a mão em jogar uma partida com um centroavante de referência, embora Bobô saia da área e tente ajudar, porém pouco contribui com este modo de jogar do Tricolor.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio
Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Se a ideia é não utilizar o garoto que Roger encontre outra maneira para fazer sua equipe jogar mais, não tirando Luan de onde ele está sendo um jogador importante, decisivo. Se for necessário que a Direção contrate um reforço para que quando Douglas não puder atuar o treinador tenha mais uma opção no banco, isso enquanto o Grêmio ainda tenha a chance de disputar alguma coisa no campeonato – que pensem um pouco no clube – porque até agora pensam muito em compra da gestão da Arena e time qualificado que é bom nada.

Será que o Grêmio não cansou de ser chacota? O seu torcedor, sim. Eu também cansei, e estou vendo um time bem treinado, porém com poucas peças para mudar uma partida e vencer um campeonato longo como o Brasileirão. Uma equipe que perde em casa para o Vitória – com todo o respeito aos baianos – e sequer ameaça o Atlético-PR não merece chegar no G4.

Escrito por Denilson Flores

Acadêmico em Jornalismo na Unisinos Porto Alegre. Curto Stand Up Comedy, jogos de improviso e humor em geral.
Leia outras publicações de Denilson Flores

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.