Os grenais pelo Brasileirão 2013

Os grenais pelo Brasileirão 2013

30/06/2016 0 Por Marja Camargo

As partidas entre Grêmio e Internacional pelo Campeonato Brasileiro de 2013 foram marcadas pelo equilíbrio entre as duas equipes.

No dia 04 de agosto, aconteceu o primeiro grenal na Arena do Grêmio, a então nova casa do tricolor. Válido pela primeira rodada do torneio nacional, o confronto terminou em 1 a 1. O Grêmio saiu na frente aos 18 minutos, em pênalti cobrado por Barcos após Kléber ter sofrido falta dentro da área colorada. Porém, a resposta do Inter veio rápido. Quando o cronômetro marcava 21 minutos, Willians deixa três jogadores gremistas para trás e cruza na área para o chute de Leandro Damião, que chegava livre. O Grenal de número 397 terminava assim em 1×1.

Ficha Técnica

Grêmio: Dida; Werley, Bressan, Rhodolfo e Pará; Adriano, Riveros, Elano e Alex Telles; Kleber e Barcos. Técnico: Renato Gaúcho.

Inter: Muriel; Ednei, Ronaldo Alves, Juan e Kléber; Willians, Josimar, Jorge Henrique e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião. Técnico: Dunga.

Vargas dribla Muriel e marca o segundo gol do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

O confronto pelo segundo turno do Brasileirão 2013 se deu em 20 de outubro, no Estádio do Centenário, em Caxias do Sul. O colorado começa melhor, abrindo o placar com um chute certeiro de Willians logo aos 5 minutos. Aos 41, Jackson se atrapalha e conclui contra. Tudo igual: 1 a 1. A virada vem aos 7 minutos da segunda etapa, com total mérito do tricolor: em um belo contra-ataque, Vargas balança a rede de Muriel. O Grêmio ganha confiança com seus três atacantes, mas não consegue vencer. Aos 14 minutos, D’Alessandro é derrubado pelo zagueiro Bressan. O próprio argentino marca para garantir o empate de 2×2 no Grenal 398.

Ficha Técnica

Inter: Muriel; Gabriel, Jackson, Juan e Kléber; João Afonso, Willians, Otávio e D’Alessandro; Jorge Henrique e Leandro Damião. Técnico: Clêmer.

Grêmio: Dida; Werley, Bressan, Rhodolfo e Pará; Adriano, Riveros, Elano e Alex Telles; Kleber e Barcos. Técnico: Renato Gaúcho.