- Internacional, Notícias

#Retrospectiva2016: O começo da temporada colorada

O ano de 2016 começou com o Internacional fazendo a sua pré temporada nos Estados Unidos. A primeira partida aconteceu no dia 13 de janeiro, quando o colorado duelou com o Bayer Leverkusen e terminou empatando em 3 a 3. O segundo compromisso colorado aconteceu no dia 20, quando o adversário do time gaúcho foi o Fluminense. Sasha marcou o tento que deu a vitória ao time comandado por Argel Fucks.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

De volta ao Brasil o Internacional passou a focar no campeonato estadual e com a Primeira Liga. O torneio com equipes da região sul, além de mineiros e cariocas. OS 12 times participantes foram divididos em 3 grupos de 4 participantes. Na primeira fase os times jogariam contra si, dentro das chaves, em turno único. Os primeiros colocados de cada grupo, mais o melhor segundo colocado, avançaria para as semifinais.

O Internacional abriu a sua participação no dia 27 de janeiro diante do Coritiba, a partida terminou empatada em 0 a 0. Destaque para a presença de Henrique Almeida, em negociação com o colorado, no Gigante da Beira Rio para assistir o jogo. O Inter só voltaria aos gramados pela Primeira Liga no dia 17 de fevereiro, quando goleia o Avaí por 3 a 0. O empate em 0 a 0 diante do Grêmio, na Arena, confirmou o colorado como líder do grupo 2, logo classificado para a fase seguinte.

Foto: Divulgação/ Inter

O adversário da semifinal seria o Fluminense, o mesmo adversário que o Inter havia batido na Florida Cup. O empate em 0 a 0 levou o jogo para as penalidades, lá o Inter acabou derrotado por 3 a 2.

Em paralelo com a Primeira Liga o Internacional também disputou o Gauchão. O atual penta campeão começou a sua trajetória na busca pelo hexa vencendo o Ypiranga por 3 a 2. No segundo compromisso o colorado acabou ficando no 0 a 0 com o São José. Nesta partida foi disputada a Recopa Gaucha. com o empate no tempo normal os comandados por Argel levaram a taça ao vencer nas penalidades.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Nas rodadas seguintes o time do Inter oscilaria entre empates, como o que aconteceu com o Aimoré, e vitórias como o marcante 4 a 0 contra o Cruzeiro. A primeira derrota na competição acabou acontecendo na sexta rodada, quando o Veranópolis superou o colorado por 2 a 1, no Beira-Rio. A equipe vermelha parecia que iria se reabilitar ao vencer o Juventude por 1 a 0 no Alfredo Jaconi, mas os empates com Grêmio, São Paulo e Lajeadense acenderam a luz amarela no gigante.

A boa fase começou a voltar com a vitória diante do Novo Hamburgo pelo placar de 4 a 2. No jogo seguinte a equipe batida foi o Brasil de Pelotas por 4 a 1. Para encerrar a primeira fase o Inter derrotou o Glória por 3 a 0. Classificado em terceiro lugar na primeira fase, o time de Argel teria o São Paulo como adversário nas quartas de final. Superado o time de Rio Grande, o Inter teve pela frente o São José nas semifinais. Primeiro jogo, no Beira-Rio, empate em 0 a 0. Na partida de volta vitória colorada por 1 a 0. A decisão foi diante do Juventude, que eliminou o Grêmio na outra semifinal.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

A primeira partida da final do Gauchão 2016 aconteceu no Alfredo Jaconi e foi vencida pelo Internacional pelo placar de 1 a 0. No domingo seguinte, 8 de maio, o Inter venceu o jogo em seus domínio e levou a massa colorada ao delírio. Três a zero no placar e o Hexacampeonato estadual garantido. Ah! Vale lembrar que ao marcar seu tento Eduardo Sasha dançou uma valsa com a bandeirinha de escanteio, ironizando o jejum de títulos nacionais do rival.

Escrito por Thales Barreto

Sou Thales Barreto, 34 anos, jornalista e pós graduado em Influência digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS, especialista em WordPress e em produção de conteúdo para a web.
Leia outras publicações de Thales Barreto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.