Conexão Grenal

#Retrospectiva2016: O desinteressado brasileirão do Grêmio

Sem conseguir chegar nas finais do gauchão e eliminado da Copa Libertadores, o Grêmio entrou no campeonato brasileiro buscando a redenção de um ano que se desenhava complicado. A estreia aconteceu diante do Corinthians e terminou empatado em 0 a 0.

Foto: Léo Pinheiro/ Divulgação/ Grêmio

O tricolor conseguiu fazer uma boa sequência nas primeiras rodadas da competição, quando venceu Flamengo, Atlético-MG e Coritiba, assumindo momentaneamente a liderança da competição, mas acabou tendo um revés contra o Palmeiras na 5ª rodada o que fez sair da ponta da tabela.

Nas rodadas seguintes o tricolor acabou oscilando muito, o que o prejudicou na briga pela primeira colocação. Mas as coisas começaram a complicar de vez quando a equipe passou a ficar curtos períodos sem vencer. Já no final do primeiro turno o Grêmio complicou-se diante de adversário frágeis, como América-MG e Santa Cruz.

Ao cabo da 19ª rodada o Grêmio ocupava apenas a 6ª colocação, ainda tinha condições de brigar por uma vaga na copa libertadores, objetivo do momento. É durante o returno que acrescentam duas vagas a mais para a competição continental, que passou por reformulação.

Foto: Rodrigo Rodrigues/ Grêmio

Nem assim o time consegue deslanchar. Após golear o Corinthians, em casa, na abertura do returno, o time perdeu para o Flamengo, empatou com o Atlético-MG, foi goleado pelo Coritiba, empatou com o Palmeiras e foi novamente goleado, desta vez para a Ponte Preta. Após essa derrota de 3 a 0 em Campinas o treinador Roger Machado acabou entregando o seu cargo e se retirando do Grêmio.

Foto: Rodrigo Rodrigues/ Grêmio

Precisando remobilizar, o presidente do tricolor chamou Renato Portaluppi para a assumir o posto de treinador da equipe. Junto com ele vieram Valdir Espinosa, para ser coordenador técnico, e Adalberto Preis para a vice presidência de futebol. Com essa reformulação o time determinou que o foco seria total na Copa do Brasil.

Deste momento em diante o tricolor abriu mão do Brasileiro. Com isso o time manteve a oscilação e o Grêmio chegou a acumular uma série de 5 jogos sem vencer nas últimas 8 partidas. Foi 1 vitórias, contra o América-MG, 4 empates diante de Santos, Inter, Figueirense e São Paulo, e três derrotas para Sport, Santa Cruz e Botafogo.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Duas das três derrotas foram de goleada, uma em casa, para o Sport, por 3 a 0, e uma fora, no Arruda, em um inacreditável 5 a 1 sofrido pela equipe reserva do tricolor. Só um título, como o conquistado na Copa do Brasil, poderia apagar um segundo turno tão ruim na principal competição nacional.

Sair da versão mobile