- Internacional, Notícias

Inter fará hoje seu centésimo jogo após a reforma do Beira-Rio

Na noite desta quarta-feira o Internacional atingirá uma marca histórica. Será a sua centésima atuação após a reforma do Beira-Rio para a Copa do Mundo de 2014. A redação do Conexão Grenal separou 4 jogos memoráveis desses últimos três anos. Confira:

Inter 2×0 Grêmio – Brasileirão de 2014 – 10/ 08/ 2014

Inter vence primeiro clássico após a reforma do Beira Rio

Marcado pelo reencontro de Abel Braga e Felipão, o clássico 402 terminou com vitória colorada pelo placar de 2 a 0. Gols marcador por Charles Aranguiz e Cláudio Winck, ambos na etapa final. Depois de um primeiro tempo truncado, as modificações no intervalo deram mais dinâmica ao jogo. Pouco mais de 32,7 mil pessoas estavam no Beira-Rio para o primeiro clássico após a reforma do estádio.

Foto: Alexandre Lops/ Inter

Ficha Técnica

Inter | Dida; Wellington Silva (Cláudio Winck), Ernando, Juan e Fabrício; Willians (Ygor), Wellington Martins, Aránguiz, D’Alessandro e Alex; Rafael Moura (Wellington Paulista). Técnico: Abel Braga.

Grêmio | Marcelo Grohe; Ramiro, Rhodolfo, Werley e Pará; Walace, Fellipe Bastos, Rodriguinho (Fernandinho) e Giuliano (Alán Ruiz); Dudu (Luan) e Barcos.

A arbitragem da partida ficou a cargo de Anderson Daronco.

Inter 3×1 Atlético-MG – Libertadores 2015 – 14/ 05/ 2015

Em jogo sensacional, Inter despacha o Atlético e avança na Libertadores

No dia 14 de maio de 2015 o Internacional entrou no relvado do Beira-Rio precisando vencer o Atlético Mineiro para avançar na Copa Libertadores daquele ano. O jogo foi um dos mais emocionantes que o Gigante recebeu depois de sua modernização. Num estádio lotado o Inter jogou um bolão e conseguiu despachar o time mineiro com gols de Valdívia, D’Alessandro e Lisandro López.

Foto: Alexandre Lops/ Inter

Ficha Técnica

Inter | Alisson; William, Alan Costa, Juan e Ernando; Rodrigo Dourado e Aránguiz; Valdívia, D’Alessandro e Eduardo Sasha (Jorge Henrique, depois Nico Freitas); Lisandro López. Técnico : Diego Aguirre.

Atlético-MG | Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos (Jô); Rafael Carioca e Leandro Donizete (Maicosuel); Luan, Dátolo e Thiago Ribeiro (Giovanni Augusto); Pratto. Técnico : Levir Culpi .

A arbitragem foi de Julio Bascuñan.

Inter 2×0 Santa Fé – Libertadores de 2015 – 27/ 05/ 2015

O Beira-Rio explodiu e o Inter está nas semifinais da Libertadores da América

Precisando reverter o placar depois de ser derrotado na Colômbia, o Inter começou o jogo em cima do Santa Fé e abriu o marcador logo aos 2′ com Juan. Aliás, o zagueiro foi gigante naquela partida. Outro que se destacou foi D’Alessandro. Ele não é ídolo à toa. Depois de levar um sufoco no final do primeiro tempo e quase sofrer o empate o colorado voltou a pressionar o time colombiano no segundo período. O gol da classificação aconteceria só aos 42′ da etapa final. D’Alessandro cobra escanteio e Rafael Moura desvia de cabeça para o fundo das redes. O Inter estava na semifinal da Libertadores e o Gigante acabava de ver mais um belo espetáculo em seu gramado.

Foto: Alexandre Lops/ Inter

Ficha Técnica

Inter | Alisson; William, Ernando, Juan e Géferson (Rafael Moura); Rodrigo Dourado, Aránguiz, D’Alessandro e Eduardo Sasha (Valdívia); Nilmar (Alex) e Lisandro López. Técnico : Diego Aguirre .

Santa Fé | Castellanos; Anchico, Mina, Meza e Mosquera; Torres, Roa, Seijas e Pérez (Perlaza); Morelo (Otálvaro) e Páez (Rivera). Técnico : Gustavo Costas.

Arbitragem de Victor Hugo Carrillo.

Inter 2×1 Flamengo – Brasileirão 2016 – 16/ 10/ 2016

Inter bate o Flamengo e sai da zona de rebaixamento

Lembrar do Brasileirão de 2016 não é uma boa para os colorados, mas o encontro com o Flamengo, realizado no dia 16 de outubro, é um momento para se guardar na memória. Na zona do rebaixamento, o time gaúcho entrou em campo desacreditado e saiu perdendo com um gol de Rever, de cabeça, aos 11′ do 2T. O tento não abateu a torcida colorada que empurrou o time para a virada, com gols de Eduardo Sasha e Vitinho.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Ficha Técnica

Inter | Danilo Fernandes, Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Anselmo (Fabinho), Seijas (Valdívia), Alex e Gustavo Ferrareis (Eduardo Sasha); Vitinho. Técnico: Celso Roth.

Flamengo | Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo (Emerson Sheik), Willian Arão, Gabriel (Alan Patrick) e Diego; Everton (Fernandinho) e Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Arbitragem de Wilton Pereira Sampaio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.