- Grêmio, Notícias

Grêmio começa Brasileiro com vitória contra o Botafogo

Com controle total do jogo, o Grêmio consegui superar o Botafogo pelo placar de 2 a 0. Ambos os tentos foram marcados por Ramiro. No meio de semana o time gaúcho encara outro carioca, o Fluminense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O tricolor só volta a jogar pelo nacional no próximo final de semana, quando vai ao Paraná duelar com o Atlético.

A etapa inicial foi de controle do Grêmio, que teve 60% de posse de bola e finalizou doze vezes, sendo seis delas contra a meta de Gatito Fernandes. O arqueiro do Botafogo teve destaque no primeiro tempo quando evitou, em mais de uma oportunidade, as investidas do tricolor.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

O time carioca até que conseguiu criar em alguns momentos, como o aos 11′ no cabeceio de Roger pela linha de fundo, porém essas subidas foram pontuais. Era o Grêmio quem pressionava e esbarrava nas mãos de Gatito. Com 30′, Lucas Barrios passou para Luan que invade a área e finaliza por cima do arco.

Os diversos momentos de pressão gremista eram intercalados com subidas do Botafogo. Aos 43′ os cariocas foram até a meta de Grohe, Emerson Santos cruza para Roger, porém ele passa pela bola, a zaga afasta e Pimpão acaba atirando pra fora.

A subida do Grêmio aos 46′ foi mortal. Michel lança Léo Moura, ele domina na linha de fundo e cruza para Barrios, o paraguaio dispara e a defesa salva, Pedro Rocha também tenta, mas a zaga afasta parcialmente mais uma vez, no rebote Ramiro não perdoa e coloca o Grêmio em vantagem.

Sem modificações os times voltaram para a etapa final. O Botafogo ensaiou uma pressão, e chegou a ter um bom momento com Roger costurando a defesa do Grêmio e sendo bloqueado no último momento por Kannemann.

Quando o Grêmio retomou o controle do jogo, acabou ampliando o marcador. Barrios toca para Luan que chuta mascado, a bola sobra para Ramiro que finaliza forte, pelota desvia na mão de Luan, engana Gatito, e entra. a arbitragem, com visão encoberta, dá gol legal.

Com o resultado negativo o treinador Jair ventura resolveu promover uma alteração no Botafogo, sacando Camilo para a entrada de Guilherme. Um pouco mais tarde saiu Airton foi sacado do Fogão para a entrada de Gilson. A última modificação de Jair foi a saída do Roger para a entrada do Joel.

Do lado azul, Renato viu Marcelo Oliveira machucar o pulso e precisar sair, assim Cortez entrou na equipe. A segunda alteração foi a entrada de Jailson no lugar de Barrios, que pediu para ser substituído.  A última modificação de Portaluppi foi a saída de Arthur para a entrada de Gastón Fernandez. Inclusive foi Gastón que tocou para Cortez cruzar na medida para Ramiro, porém a finalização do meia gremista acabou sendo errada.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

O Botafogo ainda acertou a baliza de Grohe, quando o relógio marcava mais de 40′. Gilson recebeu um passe de Rodrigo Pimpão e bateu forte, cruzado, porém a bola morreu no poste direito de Marcelo. Nos minutos finais o time carioca tentou atacar e criar possibilidades, mas não movimentou o marcador. Na quinta-feira o Botafogo encara o Atlético Nacional, pela Libertadores, e no domingo encontra a Ponte Preta, pelo brasileirão.

Escrito por Thales Barreto

Sou Thales Barreto, 35 anos, jornalista e pós graduado em Influência digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS, especialista em WordPress e em produção de conteúdo para a web.
Leia outras publicações de Thales Barreto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.