Conexão Grenal

É a Mulherada!

Olá, pessoal!

Nossa, eu juro que eu estava louca para falar aqui sobre o Damião ter cobrado aquele pênalti, sendo que o Dale estava em campo e o nosso camisa 9 vem de uma lesão séria e totalmente sem ritmo de jogo. Gostaria de falar também que a derrota de segunda passou pela formação tática e/ou o time mal escalado pelo Odair e que ele demorou muito para mexer no time, mas igual, o papito tem crédito conosco, né?!

Apoie o Conexão Grenal. Entre para o nosso clube!

Gostaria muito de falar sobre o jogo do Grêmio na noite de ontem na Libertadores, apesar de eu ter acompanhado apenas uma parte do jogo, mas até onde vi o Grêmio tem um peso na camisa muito maior que seu adversário e todos sabemos que isso faz muita diferença em uma decisão, sendo que conta com o oportunismo de alguns jogadores em ótima fase.

Mas, apesar de eu amar discutir táticas de futebol, hoje eu quero falar do papel da mulher no esporte!

Esta semana foi anunciado que uma mulher será presidente de um time de elite do futebol argentino. Lúcia Barbuto presidirá o Banfield aos 33 anos.

Sabemos que no Brasil já tivemos a representatividade de algumas mulheres. A mais recente foi a ex nadadora Patrícia Amorim como presidente do Flamengo. Seguiu como presidente do clube por três anos nesta última década e, sabemos que hoje tem uma grande empresária por trás dos investimentos do Palmeiras e acredita-se que futuramente Leila Pereira poderá estar à frente do Verdão.

Foto: Divulgação/ Twitter @LuciaBarbuto

Diante de tanta história legal, fui procurar para ver o site da Associação Gaúcha de Futebol feminino. Como o esporte está em uma crescente maravilhosa no Estado, me surpreendi. Apesar da ótima iniciativa, não existem mulheres no comando desta associação. Não querendo, de forma alguma, destratar quem está no comando, mas para falar que é importante as mulheres buscarem seu lugar nestes espaços também.

A mulherada não está mais figurando apenas as arquibancadas, mas sim estamos tomando conta dos estúdios de rádios, televisões, jornais para comentar com bastante propriedade sobre futebol, mas estamos também chegando nos comandos de grandes clubes e tornando o futebol feminino cada vez mais competitivo e atrativo.

Foto: Divulgação/ Twitter: @CAB_oficial
Será uma nova era para o futebol?

Quem sabe isso também impulsione as grandes marcas a não esquecerem mais de fazer os materiais esportivos para a mulherada também, que deixa muito a desejar em relação a tamanhos e variedades, mas que isso eu falo em outro momento, pois virá “textão”!

Sair da versão mobile