Será que jogadores do Inter, vão trabalhar muito no dia do Trabalhador

opiniao-2019.jpg

Neste dia do Trabalhador, quero agradecer a Deus e ao meu abençoado Patrão, pelo fato de eu estar trabalhando com uma carteira de trabalho devidamente assinada, e o melhor de tudo, recebendo em Dia, amém.

Apoie o Conexão Grenal.
Entre para o nosso clube!

Cada um com os seus devidos problemas, independente do ramo que escolheu para trabalhar e tentar vencer num país tão injusto com as suas classes sociais, como é este Brasil de muitos, mas que concentra as suas riquezas na mão de poucos.

Para alguns mais preparados ou apadrinhados o mercado de trabalho está sempre cheio de oportunidades, em diversos ramos.  Mas o engraçado é que em algumas situações, quem estudou pra caramba e conquistou o seu canudo, às vezes fica na mão e na mesma fila com quem está disputando uma vaga sem estudo.

Muitos sonharam quando ainda crianças em ser um Pelé, Messi, Romário, Falcão, Fernandão, Cabiru, algum dos Ronaldos, entre outros craques, e o melhor apenas jogando futebol, e seja o que Deus permitir em suas carreiras no esporte.

Leia todas as notícias do Inter

Quem mandou estudar e não trabalhar de forma mais fácil, e mesmo sem muito estudo entrar nas escolinhas de futebol, para treinar muito seus fundamentos e viver um sonho, que passou a ser o único objetivo, quem sabe uma válvula de escape para as suas otimistas Famílias, que acreditam que está surgindo um novo craque de Bola, e não um empresário dono de empresa.

Estamos num século que os Clubes Modernos, investem também na formação cultural dos jovens para eles entenderem, que o Banco da Escola e uma futura carreira de Jogador de Futebol, precisam correr juntas, para eles ser alguém depois que pendurarem as suas coloridas chuteiras.

Alguns conseguiram através de uma Bola levar uma vida melhor, mesmo que não tenham estudado o suficiente, para conseguir ser um catedrático, acadêmico e um bacharelado jogador ou professor de futebol, cheio de títulos conquistados dentro e na beira do campo.

Veja a classificação do Brasileirão 2019

Agora cá entre nós, já que a maioria não está com a vida ganha, ser jogador de futebol e ter que jogar futebol em pleno dia do Trabalhador, é uma dádiva de Deus, ainda mais se o jogo for dentro do Beira Rio lotado, e contra o líder Flamengo do Abelão.

O treinador Odair que não invente muito, e sem esta de dar feriado para os melhores jogadores que temos, só para o Presidente Medeiros não precisar pagar 100% de horas trabalhadas, em pleno feriado de Primeiro de Maio. 

Será que o professor e multi campeão Abelão, vai desempregar o aluno e trabalhador Odair, diante da sua torcida Colorada?

Vai prá cima do Urubú, Saci Colorado!!!

Dorian Bueno

Dorian Bueno

Titular da coluna Da Arquibancada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

scroll to top