Inter faz jogo apagado e perde para o Palmeiras

cropped-palmeiras-inter-copa_do_brasil-2019-3.jpg

O Inter não conseguiu fazer uma boa apresentação e acabou derrotado pelo Palmeiras por 1 a 0 na primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil. Este resultado deixa a equipe paulista em vantagem para avançar até as semifinais, já que precisa apenas de um empate para seguir na competição.

Apoie o Conexão Grenal. Entre para o nosso clube.

O único gol do jogo saiu aos 19’ do primeiro tempo. Bruno Henrique cruza da direita e Zé Rafael aparece para completar após falha da defesa colorada. O Palmeiras investiu em velocidade, tinha total controle do jogo, mesmo quando dava a bola para o Inter e apostava em contra-ataques. Nico López, finalizando de fora da área, foi quem fez a primeira boa tentativa do Inter no jogo, aos 22’.

Ainda no primeiro tempo o Palmeiras teve falta próximo da área. Bruno Henrique cobrou na barreira e, no rebote, Dudu finalizou forte, levando mito perigo para a meta de Marcelo Lomba.  O primeiro tempo terminou com a posse de bola equilibrada entre as equipes, mas com o Palmeiras tendo muito mais volume de jogo que o Inter. O colorado finalizou apenas duas vezes contra a meta de Weverton.

No intervalo Odair Hellmann resolveu tirar o jovem Nonato para colocar a experiência de D’Alessandro. Com a bola rolando o que se viu foi o Palmeiras mais bem preparado fisicamente e criando chances de gol, sem converter. Com a bola o Inter não conseguia atacar em velocidade. Já no meio do segundo tempo Odair sacou Nico López e colocou Rafael Sobis. A modificação não levou o Inter ao ataque.

Leia todas as notícias do Inter

Já nos acréscimos Hellmann retirou Guerrero para a entrada de Parede. Outra modificação que não causou impacto na partida. A derrota obriga o Inter a vencer em Porto Alegre por dois gols de diferença. Vitória por diferença simples leva o cotejo para os pênaltis. Um empate classifica o Palmeiras para as semifinais. O reencontro das equipes acontece na próxima quarta-feira, em Porto Alegre. Antes disso ambas as equipes jogam pelo Brasileirão.

Thales Barreto

Thales Barreto

Sou Thales Barreto e tenho 33 anos. Me formei em jornalismo pela Famecos/ PUCRS em 2009. Atualmente faço pós graduação em Influência Digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

scroll to top