Vamos Inter, está aí o que tanto desejamos, jogar futebol para conquistar uma Taça

cropped-opiniao-2019-16.jpg

Mesmo com o meu amor pelo o Internacional, só acredito vendo que o feliz e motivador Odair Hellmann, conseguirá fazer o Time jogar como no Beira-Rio, neste primeiro confronto da decisão da Copa do Brasil.

Apoie o Conexão Grenal. Entre para o nosso clube.

Para voltar tri vivo deste baita jogão, terá que atuar totalmente diferente fora de casa, em comparação as últimas atuações, que jogou todo borrado, e com as calças no chão, esperando uma falha do adversário, e pimba, Golllllllllll nosso, ou deles.

Sabemos que para vencer o Atlético-PR dentro da sua bonita Arena, o Saci Colorado vai precisar correr muito, bah tchê, mas muito mais mesmo, como se estivesse fugindo com inteligência do furacão Dorian, e numa perna só correndo para galera colorada, evidentemente comemorando os Goooollllssssss da nossa Vitória.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Tenho ótimas recordações de jogos que os jogadores deram o seu melhor, mesmo não jogando bem, e desejo valorizar alguns destes nossos feitos. Fiquei feliz de ver o Internacional do Hellmann, eliminar o Palmeiras do Ex Felipão, o Cruzeiro do Ex Mano Menezes e por último do Rogério Ceni, desta competitiva Copa do Brasil.

Para alegria da Torcida Colorada e depois de dez anos, vamos todos juntos tentar buscar este título, contra os rápidos Paranaenses, do surpreendente e competente treinador Gaúcho Tiago Nunes.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio
Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Este mesmo furacão do jogo rápido e eficiente dentro do seu campo sintético, foi batido na Libertadores pelo o argentino Boca Júnior. Mas conseguiu a proeza de eliminar o mega Flamengo e por último o Grêmio da Copa do Brasil, ambos de virada. Coisas do futebol, o interessante que Flamengo e Grêmio farão um confronto pela Libertadores, e ver quem irá decidir com os Argentinos do Boca ou River Plate. 

Acrescento que tanto na Copa do Brasil como Libertadores da América, tem dois Clubes Rubro-Negros. Será que isto é um pequeno presságio, que um deles irá levantar alguma das Taças?

Foto: Ricardo Duarte/ Inter
Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Ressalto que diferente de agora, o Furacão perdeu a primeira partida fora de casa. Colorados temos que correr mais do que eles, marcar forte e intenso até o apito final, porque não são tão imbatíveis.

Evidentemente que como são onze contra onze, colorados vamos orar com muita fé, porque falta pouco para encerrar com Vitória este deserto sem Taças.

Dorian Bueno

Dorian Bueno

Titular da coluna Da Arquibancada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

scroll to top