Bahia vence o Grêmio com gol de pênalti no último minuto

gremio-bahia-brasileirao-2019-1.jpg

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

No último compromisso do Grêmio na Arena, antes da semifinal da Libertadores, o Grêmio não fez uma boa apresentação e acabou sendo derrotado pelo Bahia por 1 a 0. O gol foi marcado por Arthur Kaíke já nos acréscimos da etapa final. No sábado o tricolor gaúcho enfrenta o Fortaleza, no Castelão.

Apoie o Conexão Grenal. Entre para o nosso clube.

O primeiro tempo foi marcado pela intensidade. O Bahia foi quem ditou o ritmo nos minutos iniciais. Aos 3′ a primeira chance criada com Artur cobrando falta. Paulo Victor interveio e mandou pela linha de fundo. O Grêmio só chegou ao campo adversário aos 9′. Everton cruzou, Alisson escorou e Geromel finalizou por cima da meta adversária.

Com ambas as equipes jogando de maneira franca, o que mais se viu foi troca de ataques. Logo após o tiro de Geromel, o Bahia subiu e respondeu, novamente, com Artur. Essa troca de golpes foi a tônica do primeiro tempo. No lance mais agudo, aos 43′, Tardelli levanta na área, Flávio corta contra o patrimônio e encobre Douglas, a pelota acerta a trave, o rebote é afastado pela defesa.

No intervalo o técnico Renato Portaluppi sacou Maicon e colocou Thaciano no meio campo gremista. O jogo seguiu franco, com o Grêmio tomando mais a iniciativa e o Bahia apostando nos contra-ataques. Com 15′ Alisson foi sacado para a entrada de Pepê. A última modificação gremista aconteceu aos 27′, quando Luan foi removido para a entrada de Patrick.

Aos 33′ Paulo Victor precisou fazer uma grande defesa em finalização fechada de Élber. Aos 43′, Marco Antônio invade a área e é derrubado por Léo Moura. A arbitragem não marca o pênalti, mas o VAR é acionado e a penalidade é marcada. Arthur Kaíke cobra e converte. Com a vitória o Bahia agora soma o mesmo números de pontos do Grêmio. porém ocupa a sétima colocação.

No sábado o Grêmio enfrenta o Fortaleza. Na segunda-feira o Bahia recebe o Fortaleza, em Salvado.

Thales Barreto

Thales Barreto

Sou Thales Barreto e tenho 33 anos. Me formei em jornalismo pela Famecos/ PUCRS em 2009. Atualmente faço pós graduação em Influência Digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo