Inter vence clássico e é bicampeão do Brasileirão de Aspirantes

inter-campeao-brasileirao-aspirantes-2019.jpg

Foto: Mariana Capra/ Inter

Em clássico gre-nal realizado na Serra, o Inter venceu o Grêmio por 1 a 0, gol de Pedro Lucas ainda no primeiro tempo. Na etapa final o tricolor tentou igualar o placar, mas o Inter conseguiu segurar e ficar com o bicampeonato. Esta foi a terceira decisão seguida do Inter na competição. Em 2017 o colorado havia vencido o Santos.

Apoie o Conexão Grenal. Entre para o nosso clube.

No primeiro tempo o Inter foi quem começou propondo o jogo e controlando a partida. O Grêmio conseguiu equilibrar as forças a partir dos 15’. Ambas as equipes criaram boas chances, mas o destaque ficou para duas grandes intervenções de Keiller evitando que o tricolor abrisse o marcador. O placar foi movimentado já nos acréscimos do primeiro tempo. Bola alçada na área por Erik, Pedro Lucas aparece sozinho e nem precisa subir para colocar no barbante.

No intervalo o técnico gremista promoveu duas alterações. Saíram Da Silva e Darlan para as entradas de Joanderson e Gui Azevedo. Com as alterações o time tricolor foi mais ao ataque, mas permitiu o Inter explora os contra-ataques e assustar o arqueiro Phelipe. O Inter também promoveu duas alterações. Saíram Juliano Fabro e Matheus Monteiro para as entradas de Caio e Edson.

A terceira alteração do Grêmio ocorreu na casa dos 20’, quando o treinador sacou Isaque para a entrada de Léo Chu. O Inter também mudou. Saiu Pedro Lucas, autor do gol, para a entrada do Keslley. Ferreira, machucado, saiu de campo para a entrada de Tontini, antes dos 30’ da etapa final. Faltando cerca de 10’ para o final do jogo, Jhonata Robert saiu para a entrada de Mateusinho no Grêmio. As duas últimas alterações do Inter foram processadas já aos 40’. José Aldo e Netto saíram para as entradas de José Vitor e Cesinha.

Com a bola rolando o Grêmio tentava acelerar o jogo e buscar o gol de empate, mas o Inter controlava as ações e, com a defesa bem colocada, conseguia se defender sem maiores problemas.

Veja como foi a final:
Thales Barreto

Thales Barreto

Sou Thales Barreto e tenho 33 anos. Me formei em jornalismo pela Famecos/ PUCRS em 2009. Atualmente faço pós graduação em Influência Digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo