O Brasileirão do Ponto “G” e da Zona do Terror, ainda não acabou Tchê!

opiniao-2019.jpg

Estamos quase na saideira do Campeonato querendo ver o Internacional, tentar jogar muita bola urgentemente mesmo com estes jogadores que a cada jogo demonstram que estão ricos, cansados, desinteressados, destreinados, desentrosados, mas é o que temos aos trancos e barrancos e ponto.

Apoie o Conexão Grenal. Entre para o nosso clube.

Desejo que ainda consigam encontrar o caminho das vitórias, alcancem com paciência e sem afobação, o tão misterioso e difícil ponto “G” para a Libertadores 2020, para deixar todos felizes, porque salvaram o ano mesmo sem colocar uma Nova Taça no Museu.

Somente jogando um baita futebol, poderão gozar de algum benefício financeiro na próxima temporada, tendo em vista que terão a possibilidade de sonhar novamente, com os mesmos “Títulos” de 2019.

Agora virá o animado Goiás cheio de marra para tentar fazer um novo crime diante nossa sofredora e preocupada torcida, já que a casa do Colorado não coloca mais medo em nenhum time, independentemente de ser pequeno, médio, grande e bem maior que o gigante da Beira-Rio.

Mesmo que ainda haja algo a ser disputado neste campeonato cheinho de otimismo para os que ainda querem entrar no grupo dos “GES”, porque não conseguiram ser Campeão, precisam agradecer ao Flamengo e ao Athletico-PR, por esta singela goela.

Estas últimas rodadas serão aterrorizantes para quem precisa vencer como o desconfiado time do Inter, que tem nos deixado a cada partida chateado e convicto, que até poderão chupar bala, e ter que ir disputar uma Sul Americana.

Gostaria de ser mais otimista como sempre fui, mas quem é pago para jogar futebol e vencer dentro do campo, ainda não conseguiu justificar o que deseja vestindo a Camisa colorada, preferindo apenas ouvir os cantos e vaias da Torcida.

É isto, graças a Deus eu sempre escreverei muitas palavras, mesmo que não sejam lidas por quem precisa.

Dorian Bueno

Dorian Bueno

Titular da coluna Da Arquibancada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo