- De olho na base, Notícias

Nos pênaltis, Juventude vence e decide Copa Santiago com o Palmeiras

Grêmio e Juventude empataram no tempo normal em 1 a 1 e o time da serra gaúcha acabou vencendo, nos pênaltis, por 4 a 2 e garantiu classificação para a final diante do Palmeiras. Destaque para as defesas de Marlon que garantiram o Ju na decisão.

O Grêmio conseguiu criar as melhores chances em um primeiro tempo bastante disputado. Em duas cobranças de falta o meia Léo Fenga acertou a trave do arqueiro do Juventude. Enquanto o time da serra jogava por uma bola, o Grêmio é quem ditava o ritmo do jogo e criava as melhores oportunidades.

No segundo tempo o Juventude saiu mais para o jogo buscando a sua classificação. Depois de 5’ de posse do time serrano, o Grêmio resolveu pressionar e foi para cima. Kevin teve chance, mas acabou se atrapalhando e não conseguiu dominar a pelota.

Antes dos 10’, Leo Fenga cobra no primeiro pau, bola desviada para o miolo e Lucão aparece para completar para o barbante. Este foi o terceiro gol do defensor em dois jogos. Atrás no marcador o Juventude foi para o ataque e, após falha da defesa, Thylor completou de cabeça para o barbante e empatou o cotejo.

Depois do empate o Juventude se animou. O jogo ficou mais aberto e franco, com ambas as equipes trocando golpes na busca da vitória e da classificação para a final. Com a manutenção do empate o jogo acabou indo para os pênaltis. Nas cobranças o Juventude venceu por 4 a 2 e está na final contra o Palmeiras.

Escrito por Thales Barreto

Sou Thales Barreto, 34 anos, jornalista e pós graduado em Influência digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS, especialista em WordPress e em produção de conteúdo para a web.
Leia outras publicações de Thales Barreto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.