fbpx

Grêmio fica no 0 a 0 com o Novo Hamburgo em Lajeado

gremio-novo_hamburgo_gauchao-2020-1.jpg

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Grêmio e Novo Hamburgo fizeram um jogo ruim, onde o gramado irregular prejudicou o espetáculo. Atuando com o time reserva o tricolor deu ritmo de jogo para alguns jogadores, mas não conseguiu vencer o adversário. Com o empate o Novo Hamburgo avança para as semifinais do turno.

Confira a tabela do Gauchão 2020

O primeiro tempo de Grêmio e Novo Hamburgo foi truncado, com poucas chances de gol e muito pouco futebol. A principal chance do tricolor foi aos 17’, quando Lucas Silva alçou bola na área e Luciano desviou de cabeça, mas Jacson estava bem colocado e acabou evitando o gol gremista. O Grêmio fez um abafa aos 35’, mas foi o Novo Hamburgo que teve uma chance, em contra-ataque. Bola lançada por Zé Mário para Juba, ele domina e acaba sendo bloqueado por David Braz quando iria fazer a finalização.

No intervalo Renato Portaluppi sacou Thaciano e Paulo Miranda para as entradas de Isaque e Rodrigues. Na retomada do jogo o Novo Hamburgo teve oportunidade com Bertotto, mas a finalização acabou indo em cima de Paulo Victor. Aos 11’ e aos 13’ Luciano teve duas chances para abrir o marcador, mas em ambas o camisa 9 gremista não conseguiu aproveitar. A pressão gremista se manteve.

Renato voltou a movimentar a equipe aos 25′. Patrick, em jogo apagado, saiu para a entrada de Rildo. O ritmo do jogo não mudou e a partida seguiu morna. O Novo Hamburgo chegou a marcar, mas a arbitragem assinalou um impedimento e anulou o tento. Com o 0 a 0 no marcador e os resultados paralelos favorecendo, o Novo Hamburgo avançou para as semifinais do turno. O Grêmio, líder do Grupo B, será o adversário do time do Vale dos Sinos.

Coletiva pós-jogo

Covid-19 no RS: Durante a última rodada do returno do Gauchão a Secretaria Estadual de Saúde divulgou os números da Covid-19. Nas últimas 24 horas o estado registrou 2.200 novos casos, totalizando 64.496 infectados. Neste período o estado bateu um recorde de óbitos. Foram 70 novas mortes registradas. O estado soma agora 1.750 vítimas fatais da Covid.

Thales Barreto

Thales Barreto

Sou Thales Barreto e tenho 34 anos. Me formei em jornalismo pela Famecos/ PUCRS em 2009. Atualmente faço pós graduação em Influência Digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo