fbpx

Internacional perde para o Fortaleza no último compromisso antes do gre-nal

fortaleza-internacional-brasileirao-2020-2.jpg

Foto: Ricardo Duarte/ Internacional

O Internacional acabou perdendo o jogo contra o Fortaleza no começo da noite deste sábado pelo Brasileirão. No meio de semana o colorado enfrenta o Grêmio, pela Libertadores.

Leia todas as notícias do Internacional

Franco favorito do confronto, o Internacional era quem aos poucos ditava o ritmo da partida desde o princípio. Como habitualmente tem sido, a equipe comandada por Eduardo Coudet levava ampla vantagem sobre o oponente no quesito posse de bola. Ainda assim, essa superioridade na posse não se traduzia em oportunidades. O colorado chegou poucas vezes próximo a área do Fortaleza, e quando conseguia apresentava efetividade nula. Gerando poucas oportunidades que causasse real perigo à meta defendida por Felipe Alves.

Com a ausência de chances e principalmente de gols, o primeiro tempo da partida foi pouco dinâmico. O Inter foi quem tentou tomar mais iniciativas ofensivas. Nos minutos iniciais, os avanços ocorriam principalmente pelo lado direito. Por duas vezes Saravia teve mal aproveitamento lançando e cruzando, enquanto Rodrigo Moledo foi bem sucedido aos 4’ ao acionar Leandro Fernández, que cruzou para Léo Ferreira. A cabeçada do jovem atacante sofreu um desvio e foi para fora.

Nesse primeiros 15 minutos de muito mais estudo entre as equipes, o melhor momento do Fortaleza foi aos 14’ com Oswaldo superando Saravia pelo setor esquerdo e cruzando para Romarinho cabecear sem rumo, muito longe do gol. 

Sendo até então um embate de pouca produtividade ofensiva, as duas melhores oportunidades de ambas as equipes surgiram num intervalo de 5 minutos. Primeiro foi o volante Felipe, aos 18’, que encontrou espaço na intermediária e finalizou forte em direção a meta defendida por Lomba. Depois foi a vez de Leandro Fernández aos 23’ que recebeu assistência de Edenilson dentro da grande área, dominou e finalizou muito próximo do gol, atingindo a rede pelo lado de fora.

Confira a tabela do Brasileirão

Fora uma chance ou outra a tônica da partida seguiu a mesma nesses primeiros 45 minutos. O Fortaleza conseguiu se soltar um pouco mais, mas ainda assim seguia com um setor de criação pouco inspirado. O mesmo dá para dizer do Inter, que ao mesmo tempo que possuía superioridade na posse de bola, criava de forma pouco contundente. O último lance de maior perigo foi em jogada protagonizada por Leandro Fernández aos 31’, que procurou Léo Pereira dentro da área. O camisa 34 chegou atrasado e não alcançou o passe rasteiro do companheiro. 

Para o segundo tempo, Coudet providenciou a entrada de D’Alessandro no lugar de Johnny. A tentativa do treinador colorado de dar mais criatividade ao meio campo do time, foi surtir um maior efeito apenas aos 15’. O meia argentino deu boa assistência na grande área para Leandro Fernández completar de primeira e bater para fora. 

Acompanhe todas as notícias do Brasileirão 2020

A resposta dos comandados de Rogério Ceni veio aos 20’ com o gol marcado por Felipe, volante tricolor que vinha perseguindo um gol desde a primeira etapa. Aproveitando um afastamento mal feio por Nonato na entrada da área, o meio campista bateu forte e deu fim a um jejum pessoal de gols que já durava dois anos, conforme informou o atleta.

Depois do gol, o jogo voltou a esfriar e quase não se via novas produções ofensivas dos dois times. Mas houve tempo dos visitante serem salvos pelo Var, que viu irregularidade no gol de Tiago Orobó aos 40’

Com a derrota deste sábado, o Internacional estaciona nos 20 pontos e tem a chance de perder a liderança no complemento desta rodada 11 do Campeonato Brasileiro.

Coletivas pós jogo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo