fbpx

Grêmio perde para o Santos por 2 a 1 na Vila Belmiro

santos_gremio_brasileirao-2020-2.jpg

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Em tarde ensolarada, o Santos superou o Grêmio por 2 a 1. Os santistas tiveram duas penalidades bem convertidas por Marinho, enquanto o tricolor gaúcho apenas descontou com Diego Souza.

Confira a tabela do Brasileirão 2020

Santos e Grêmio protagonizaram um bom primeiro tempo na Vila Belmiro. No seu princípio, o confronto ficou marcado pelo baixo número de chances geradas. Os times se observavam muito em campo, e acabavam por se expor muito pouco. A equipe da vila levava certa vantagem técnica no embate, conseguindo efetuar melhores triangulações em campo. Os comandados de Cuca acumulavam mais de 70% de posse de bola.

Mais acanhado na partida, o Grêmio se postava de forma mais defensiva. Desta forma, o Santos era quem buscava mais as produções ofensivas. Aos 13’, Kaio Jorge pegou a sobra de uma boa jogada propiciada por Luan Peres. O atacante santista teve tempo dominar e se projetar para a finalização, mas o seu arremate foi bem defendido por Vanderlei. A insistência dos paulistas não iria tardar muito para se efetivar em gol. Um pouco mais tarde aos 17’, Kaio Jorge tem o seu cruzamento interceptado de forma irregular por Paulo Miranda dentro da área. Com a penalidade máxima marcada, Marinho foi para bola e de cavadinha superou o goleiro gremista. 1 a 0.

O Grêmio seguia com dificuldades ofensivas no jogo, e não conseguia dar uma resposta aos avanços do clube da casa. A melhor chegada do tricolor ocorreu aos 31’ quando Diego Souza aproveitou boa batida de escanteio vinda de Robinho e cabeceou muito próximo da meta adversária. A resposta santista já veio logo em seguida, traduzindo bem o domínio do time na partida. Aos 33’, Kaio Jorge esteve a frente de mais uma jogada ofensiva do clube. O lateral avançou com velocidade e viu bem o avanço solo de Jean Mota. O meia recebeu e finalizou acertando a trave.

A segunda parte da etapa primária foi muito mais movimentada. Mais chances eram consolidadas de ambos os lados. Aos 35’, Lucas Silva bateu da entrada da área e exigiu boa intervenção de João Paulo. Logo em seguida, aos 36’, em jogada iniciada por Arthur Gomes, a bola foi passada para Marinho e o atacante cruzou para a chegada de Diego Pituca. O camisa 21 tentou completar de letra, mas recebeu uma intervenção providencial de Paulo Miranda.

Leia todas as notícias do Grêmio

Na segunda etapa, o Santos procurou desde o início manter a sua superioridade conquistada na etapa inicial. No primeiro tempo o time teve 7 finalizações contra apenas 3 do tricolor gaúcho. E já no princípio da etapa final do confronto, o meio campo santista mais uma vez criou dificuldades para a equipe gaúcha. Aos 5’, Arthur Gomes avançou em velocidade, passou para Jean Mota e o meia santista buscou a linha de fundo. Após isso cruzou rasteiro para Marinho que acertou a trave após forte finalização de primeira.

Com um setor ofensivo bastante tímido até então, o Grêmio criava de forma muito irregular. Aos 21’, Cortez foi que conseguiu gerar uma boa oportunidade na base da insistência, após aproveitar um bate e rebate na área. O lateral gremista superou Pará na marcação, mas foi travado pelo Goleiro João Paulo. Um pouco mais tarde, aos 27’, os homens de frente do Grêmio enfim conseguiram ter o seu maior momento de lucidez na partida. Numa boa troca de passes que iniciou com Diogo Barbosa, passou por Isaque e chegou até Pepê. O atacante velocista do tricolor deu boa assistência para Diego Souza dentro da área, e o avançado gremista colocou a bola no fundo das redes.

Siga o Conexão Grenal no Instagram

O Grêmio não teve muito tempo de comemorar, já que na faixa dos 30’ Marinho sofreu pênalti após contato com David Braz. O atacante santista mais uma vez foi para a cobrança e converteu a sua segunda penalidade do dia.

O Santos seguia intenso mesmo agora com uma nova vantagem no placar. Aos 37’, Madson deu trabalho para Vanderlei após nova finalização. Mais além, aos 38’, o zagueiro Lucas Veríssimo exigiu elasticidade do goleiro tricolor, após contundente cabeçada. A última grande oportunidade tricolor para o empate, foi com Maicon aos 51’. Nos acréscimos, o meia finalizou buscando o ângulo e João Paulo selou a vitória do Santos com uma grande defesa.

Com essa derrota, o Grêmio fica estagnado na tabela com 17 pontos na 11° colocação. O próximo compromisso tricolor é diante do Botafogo, quarta-feira, na Arena.

Coletivas pós jogo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo