fbpx

Inter perde para a U. Católica, mas se classifica para às oitavas da Libertadores

u_catolica-internacional-libertadores-2020-2.jpg

Foto: Ricardo Duarte/ Internacional

O Internacional foi superado em 2 a 1 pela Universidad Católica, mas ainda assim conseguiu classificação para às oitavas da Libertadores da América. O gol colorado foi de D’Alessandro e os chilenos viraram com dois de Zampedri.

Veja a tabela final do Grupo E da Libertadores

Com muitas modificações no 11 inicial, o Internacional foi a campo visando retomar a liderança do Grupo E, e consequentemente a classificação para a próxima fase da Libertadores. Entre os titulares estavam nomes como Nonato, Pottker, Peglow e D’Alessandro, constituindo um 4-2-3-1.

Com a bola rolando, o primeiro tempo inicia com superioridade para o lado vermelho. O meio campo colorado articulava bem os avanços do time, mas havia carência de finalizações. A primeira foi apenas aos 17’ quando D’alessandro recebeu assistência e finalizou para o goleiro adversário espalmar.

Bastou o primeiro avanço efetivo colorado para que a Universidad mostrasse que também estava ligada na partida. Aos 19’, Pinares acertou contundente arremate no travessão e levou perigo a meta de Marcelo Lomba. O jogo que até então era monótono nas finalizações, foi ganhando novos contornos. Pois aos 22’ um pênalti é mercado a favor do time comandado por Eduardo Coudet. D’Alessandro foi para a bola e superou o goleiro Dituro. 1 a 0.

Nem o recente gol do Inter acalmou a partida, já que a resposta da Católica foi praticamente imediata. Zampedri se aproveitou de erro do volante Musto, e avançou com a bola tranquilamente em direção a área. O atacante finalizou e contou com um desvio de Victor Cuesta para encobrir Lomba, e empata o jogo aos 24’. Após esse tento, apenas mais uma chance real foi gerada até o final da primeira etapa. Puch tentou de bicicleta e teve seu gol impedido por Marcelo Lomba aos 31’.

Na etapa final não houve uma mudança tão drástica no panorama do confronto. O Internacional teve uma certa perda de intensidade, entretanto corria poucos riscos. Assim como no tempo anterior, o Internacional foi quem finalizou primeiro no jogo. Vindo do lado direito, Rodinei finalizou forte e o goleiro Dituro levou a melhor defendendo.

Para renovar o fôlego do time, Coudet inseriu Galhardo e Praxedes na partida (saíram Nonato e D’Alessandro). A cada alteração, o treinador colorado deixava claro que o objetivo era unicamente a vitória, independente do empate já bastar para a classificação. Tanto que alguns minutos após as modificações, Yuri Alberto teve a chance mais clara da partida para o lado vermelho ao driblar o goleiro adversário, e finalizar para que o lateral da equipe chilena tirasse em cima da linha aos 28’.

Leia todas as notícias da Libertadores 2020

O Internacional fazia uma partida segura, e via o oponente chegar pouco na sua área. Contudo, a equipe se desligou no final do embate, e cedeu a vitória para a Universidad. Zampedri se aproveitou bem de corte efetuado por Moledo e engatou uma bicicleta sem chances para Lomba, aos 43’. Ocorria assim a virada chilena.

Mesmo com a derrota, o Inter terminou em segundo no Grupo E com 8 pontos. Pontuação suficiente para garantir sua ida para a fase de mata a mata da Libertadores da América.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo