fbpx

Marcelo Oliveira: Um depoimento

marcelo-oliveira-despedida.jpg

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Eu passei muitos anos prometendo para mim que eu não ia mais chorar por jogador, que eu sempre ia colocar o escudo do clube acima dos contratos profissionais. Obviamente não deu certo, a paixão faz a gente se envolver com os jogadores, esperar que eles amem tanto o clube quanto nós, torcedores, amamos.

Leia todos os posts de Opinião

O Marcelo Oliveira, mais do que ser essencial na retomada do Grêmio as glórias dos títulos, representa esse amor que queremos ver no profissional. As palavras dele imprimem a paixão que o torcedor quer ver em campo.

Ele pode nunca ter ganho uma bola de ouro, pode não ser o lateral esquerdo da seleção, mas ele tem a raça que todo gremista quer ver. Nas veias dele correm a paixão de ser tricolor e a gente vê isso. Chorei na despedida dele como jogador profissional, mas fiquei muito feliz em saber que ele vai continuar no clube entregando o que ele tem de melhor, a paixão.

Ele vai substituir um ídolo, o Espinosa está na galeria dos imortais, é uma tarefa dura mas que eu acho que é perfeita para o Marcelo Oliveira. O poder que ele tem nas palavras não se aprende, não se compra e nem vem com o diploma, ele fala com o coração e isso é difícil de encontrar.

Lu Matos

Lu Matos

Jornalista formada na Unisinos. Apaixonada por futebol e usuária assídua do Netflix.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo