fbpx

Colorados, o Internacional precisa viver do presente para o futuro!!!

torcida_inter2.jpg

Foto: Divulgação/ Inter

Toda troca de treinador cria uma tremenda expectativa para todos, e logo nos questionamos, se o velho novo mágico vai ter alegria, tesão, saúde e astúcia para conseguir separar o joio do trigo, unindo os melhores para todos os momentos que terão para frente, focar jogo a jogo, e juntos seguir um novo caminho com mais tranquilidade, competência e conquistar muitas VITÓRIAS, dentro de uma partida de futebol.

O momento é outro, e mesmo estando na Libertadores, Copa do Brasil e liderando o Campeonato Brasileiro, não terá o calor da TOP TORCIDA COLORADA ao VIVO dentro do Beira-Rio, para ajudar naquelas horas que o adversário se esparrama no gramado do Beira-Rio, como se estivesse na sua própria casa.

Qualquer TREINADOR que assumisse o Time nestas tranquilas condições, não fugiria muito do que o Coudet estava aplicando. Mas creio que teria mais pulso e razão para colocar cada um na sua verdadeira posição, exceto aquele que está dando retorno com muito crédito.

Escrevo de forma tranquila que com certeza vai custar muito caro apagar este fogo perigoso, que está prestes as piorar, por falta de prevenção e qualidade do grupo de jogadores que o presidente Marcelo Medeiros e sua equipe, apostaram para encerrar o seu perdedor. mandato.

Por ser COLORADO, desejo BOA SORTE ao Abel Braga, velho, novo bombeiro dos times em crises, que mais uma vez num curto espaço de tempo, tentará apagar as chamas VERMELHAS da crise emocional e psicológica instalada no INTERNACIONAL. Parece que não estão acreditando que não está tão ruim, mas a capacidade técnica dentro do GRUPO, precisa ser ajustada urgentemente.

As suas únicas alternativas são fazer o Time lhe entender dentro do vestiário, campo, para jogar mais FUTEBOL e manter a posição de Líder Isolado do Brasileirão, mesmo jogando feio ou bonito, empatando e ganhando, caso perca, que não seja para o Grêmio ou para times lá do Z4.

Sabemos que não temos garantia da apólice de seguro por estar vencida de conceitos antigos e revolucionários, mas se o Internacional começar a retroceder o que já foi feito até aqui, será pior para todos.

Reforço que cada jogador deve ser escalado onde treinou a vida toda até aqui, sem tantas invenções que logicamente demoram para ser assimiladas num toque de mágica, porque os adversários também treinam e cada vez mais estarão de olho no INTERNACIONAL.

O que importa agora é fazer um rápido RAIO X, de cada Vitória, Empate e Derrota, e procurar os motivos que deram MANDRAKE no cérebro de alguns jogadores, em momentos cruciais das partidas que estávamos vencendo e de repente deu um baita branco, quando a BOLA estava ali querendo apenas ser bem tratada.

Tomara que nesta sua nova passagem pelo o Internacional, o Abel dê as cartas e não deixe o América-MG do Lisca Doido, tirar o coelho da cartola e tentar fazer mágica neste primeiro confronto da Copa do Brasil.

Abs. Dorian Bueno, sempre feliz e otimista. Ah não posso esquecer de relatar algo que fiquei sabendo, que o Coudet pulou da barca e foi para Espanha, porque lá não terá GreNal.

Dorian Bueno

Dorian Bueno

Titular da coluna Da Arquibancada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar ao topo