Foto: Ricardo Duarte/ Internacional
- Internacional, Notícias

Internacional vence o Boca, mas é eliminado nos pênaltis

Depois de vencer no tempo normal por 1 a 0, o Internacional acabou superado pelo Boca Juniors nas cobranças de pênaltis por 5 a 4 e está fora das quartas da Libertadores. O Boca Juniors enfrenta o Racing na próxima fase.

Leia todas as notícias da Libertadores 2020

O Inter começou o jogo controlando a partida. O primeiro grande lance colorado aconteceu aos 17′ quando Patrick fez grande jogada pela esquerda e acionou Galhardo que finalizou forte, carimbando o travessão. A equipe gaúcha seguia ditando o ritmo do jogo.

Com 25′ a finalização de Praxedes não é forte o suficiente e acaba ficando nas luvas do Andrada. Quatro minutos depois Moisés alçou a bola na área, mas Galhardo não conseguiu cabecear com força, Andrada acabou catando. Marcos Guilherme também teve uma oportunidade, mas finalizou fraco na saída do arqueiro e acabou desperdiçando a chance.

O primeiro tempo terminou com o Internacional com mais volume e oportunidades, mas sem transformar essa vantagem em gols. No intervalo os treinadores não promoveram modificações e o ritmo do jogo seguiu na mesma pegada. Aos 2′, Patrick puxa a marcação para o meio e aciona Moisés, o lateral domina e cruza para o miolo, antes de Marcos Guilherme, Fabra aparece para jogar contra o patrimônio e abrir o marcador.

Logo após abrir o marcador o Inter acabou dando espaços para o Boca, que cresceu no jogo. Tevez exigiu grande intervenção do Lomba aos 12′. Dois minutos depois o técnico promoveu duas alterações. Sacou Buffarini e Villa para as entradas de Obando e Jara.

Na casa dos 22′ foi a vez de Abel promover alterações no Internacional. Sacou Marcos Guilherme para a entrada de Yuri Alberto. Faltava ao colorado a intensidade do primeiro tempo, ou do começo da etapa final. Isso acabou dando campo para o clube argentino crescer na partida.

Leia as notícias do Internacional

O colorado chegou em um ataque rápido aos 31′, com Galhardo e Yuri Alberto, porém na hora da finalização o defensor Izquierdoz bloqueou o arremate de Alberto e evitou qualquer perigo. Dez minutos antes do final do tempo regulamentar, Abelão sacou Galhardo e Praxedes para as entradas de Peglow e Dourado.

Quando o relógio marcava 37′, Edenilson cobrou escanteio, Andrada saiu caçando borboleta e a pelota sobrou para Cuesta, que finalizou por cima da meta, desperdiçando ótima oportunidade de dilatar o marcador. Antes do final do jogo, Obando acabou expulso por falta em Edenilson. O lance chegou a ser revisado pelo árbitro de vídeo.

Siga o Conexão Grenal no Instagram

Ao cabo do tempo normal o jogo foi para a decisão por pênaltis. Cardona errou para o Boca Juniors, mas Lindoso e Peglow desperdiçaram as cobranças coloradas e o time gaúcho acabou superado por 5 a 4. Nas quartas de final da Libertadores o Boca enfrentará o Racing em um duelo argentino.

Escrito por Thales Barreto

Sou Thales Barreto, 34 anos, jornalista e pós graduado em Influência digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS, especialista em WordPress e em produção de conteúdo para a web.
Leia outras publicações de Thales Barreto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.