Site icon Conexão Grenal

Internacional empata com o Corinthians e fica com o vice-campeonato brasileiro

Foto: Ricardo Duarte/ Internacional

Foto: Ricardo Duarte/ Internacional

Precisando vencer e contar com um tropeço do Flamengo, o Internacional não teve um princípio de primeiro tempo muito positivo. O time comandado por Abel Braga comprimia pouco o adversário, e também via o Corinthians chegar sem muitas contrariedades ao campo de ataque.

Leia todas as notícias sobre o Internacional

O primeiro lance de perigo foi protagonizado por Ramiro, aos 16′. O meia aproveitou a bola que sobrou na área e finalizou próximo do gol defendido por Marcelo Lomba.

No decorrer da partida, o colorado foi se tornando capaz de dominar as ações. Com 25′ Edenilson deixou dois marcadores para trás e finalizou para Cássio defender. Logo depois, aos 29′, foi a vez de Victor Cuesta cabecear sem muito perigo nas mãos do arqueiro corinthiano.

Um minuto depois a alegria tomou conta dos colorados, quando foi assinalada uma penalidade máxima a favor do time gaúcho. Moisés cruzou baixo pelo lado esquerdo e Ramiro interceptou a bola com o braço de apoio. O árbitro assinalou pênalti num primeiro momento, mas após revisão do Var anulou a marcação.

A posse de bola das equipes era bastante equilibrada. Enquanto o Inter detinha 52% de posse, o Corinthians possuía 48%. O número de finalizações também era parecido, ao ponto que ambos clubes pouco consolidavam grandes oportunidades.

O Internacional quase teve um final de primeiro tempo perfeito. Pois ao mesmo tempo em que o Flamengo perdia para o São Paulo, os mandantes marcavam o seu primeiro gol com Yuri Alberto, aos 44′. Mas o tento foi anulado devido a posição irregular do atacante na jogada.

Se em boa parte do primeiro do tempo o Inter foi pouco vigoroso, no segundo a história foi bem diferente desde o começo. Já com 4′, Edenilson recebe cruzamento de Heitor e cabeceia firme para ótima defesa de Cássio.

Precisando apenas de um gol para retomar a liderança e ser campeão, a postura colorada era frenética em campo. O Corinthians pouco conseguia reter a bola, enquanto o mandante agredia de todas as formas.

Confira a tabela de classificação do Brasileirão

Aos 18′, Caio Vidal finalizou de fora da área e acertou a trave direita da meta protegida por Cássio. O colorado seguia apertando o adversário!

O segundo tempo se resumiu em um jogo de ataque contra defesa. O Internacional não saía do campo de ataque, em contrapartida ao Corinthians que se defendia do jeito que podia. Por vezes o time colorado atacava de forma coordenada, e em outra deixava a técnica de lado apostando na bola aérea.

Siga o Conexão Grenal no Instagram

Aos 51′, o gol do título quase veio através dos pés de Edenilson. Contudo, o gol do volante foi anulado minutos mais tarde.

Com 55′ minutos o juiz assinalou o final da partida, e o Internacional mais uma vez viu o título brasileiro escapar das suas mãos. Mesmo com a derrota do Flamengo para o São Paulo, o empate colorado foi insuficiente para sagrar a equipe campeã. Portanto, o Flamengo novamente ficou com o título nacional.

Confira as entrevistas coletivas pós jogo

Sair da versão mobile