Foto: Divulgação/ Inter
- Da arquibancada, Opinião

O Internacional vai ser TETRACAMPEÃO, para o bem do Futebol!

Domingo não poderei ir ao Maracanã torcer para o grande Time Colorado, que desde muito criança aprendi a respeitar e admirar, mas creio que seremos vencedores para o bem do Futebol.

Leia todas as colunas Da Arquibancada

Lembro que até sonhava em jogar com esta linda camisa Alvirubra, dar o meu melhor com a bola nos pés, fazer muitos GOOOLLLSSS e correr para os braços da maravilhosa e barulhenta torcida do Internacional.

Muitas vezes jogava com a camisa número NOVE nos campinhos da Vila IAPI, porque acreditava que este número era daquele jogador protagonista, que em jogos encardidos não tremia na frente do adversário e decidia a partida.

Pensava quando crescesse em ser um baita jogador de futebol, mas tive que estudar e trabalhar para ajudar meus Pais, mas aprendi a jogar muito melhor depois com as letrinhas do teclado.

A grande verdade de ser apenas torcedor, é que em quase todos os jogos assistimos a bola rolar para os dois lados, mas não do jeito que gostaríamos ver o nosso Colorado jogar uma partida de futebol.

O jeito que pensamos futebol é muito diferente do que rola lá dentro do gramado. Somos livres de esquemas e responsabilidade táticas, que nos deixam super a vontade para ser sempre vencedor neste jogo de palavras.

Aqui fora é muito fácil abrir a boca e soltar o verbo para dar muitos pitacos, principalmente sobre quem deve jogar, esquema de jogo, e como driblar, lançar e fazer os GOOOLLLSSS que o Internacional precisará fazer contra o Flamengo para ser TETRA já dentro do Maracanã.

Eu creio que o nosso TIME será revestido de uma saúde mental e psicológica tremenda, que nunca tiveram para jogar FUTEBOL, principalmente neste atípico campeonato brasileiro 2020/2021, cheio de Covid-19, VAR e polêmicas.

É muita coincidência o Abençoado Abel Braga que já treinou o Mengo, voltou das cinzas para ajudar o Colorado neste Brasileirão, e poderá ser TETRA em cima deles e dentro do Maracanã. Ele não terá três jogadores cascudos, mas poderá dar moral para a gurizada Colorada, que precisará escalar na defesa e fazer história.

O goleiro será o Lomba mesmo e bola pra frente. Tomara que o Moisés e Rodinei estejam atentos e inspirados dentro do Maraca. O meio de campo e o ataque precisam falar o mesmo idioma, para não perder bolas bobas e meter Goooolllllssss. Agora só falta o iluminado lateral Rodinei meter uma bucha daquelas de R$1.000.000,00 no Mengo, que o nosso TETRA ficará muito grato.

Está na hora do Abel Braga ter coragem para enfrentar este grande adversário com valentia, inteligência, e matar logo eles antes dos descontos do VAR. Todo mundo sabe que atacam mais do que defendem, e precisamos ser competentes para acertar as ⚽⚽⚽ mais dentro da goleira deles, do que eles na nossa.

Agora é deixar fluir o que for possível, já que Deus sabe o que faz lá no imenso céu e aqui na tremenda terra do futebol mundial. Ano passado foi o ano dos brasileiros conhecerem um pouco do treinador JJ de Portugal, Jorge Jesus. Já este ano, Deus dará suas bênçãos, para três NOMES com letras AAA, mas de três países diferentes.

O treinador Colorado Abel Braga, levantará mais um título pelo Internacional que será TETRA do Brasil. O centroavante Uruguaio Abel Hernández, fará seu GOL de CABEÇA contra o Mengo para matar eles. E por último o outro português Abel Ferreira, que já foi Campeão da Libertadores da América, e vencerá também a Copa do Brasil.

Tchê Liga Saci Colorado, carne de urubu deve ser ruim, mas podemos com o nosso jeito GAÚCHO de ser, colocar um sal grosso, espetar e comer bem na manha Tchê.

Jogadores do Internacional voltem com a TAÇA do TETRA na MÃO, para dar alegria a todas CRIANÇAS COLORADAS nascidas depois de 1979.

Escrito por Dorian Bueno

Titular da coluna Da Arquibancada.
Leia outras publicações de Dorian Bueno

1 thought on “O Internacional vai ser TETRACAMPEÃO, para o bem do Futebol!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.