Designed by jcomp / Freepik
- Destaque, Opinião

Editorial | Grêmio enfrenta surto de Covid-19. Quando o estadual irá parar?

Um surto de Covid-19 no elenco do Grêmio causou o adiamento da partida entre o tricolor e o Independiente Del Valle pela terceira fase da Libertadores. O jogo estava originalmente marcado para quarta-feira, 7. São três casos confirmados e dois suspeitos no elenco gremista. Renato Portaluppi, técnico tricolor, Vanderson, lateral, e Paulo Victor, zagueiro, testaram positivo. Emanuel e Victor Ferraz apresentam sintomas e foram afastados da delegação que está fora do país para o cotejo.

O surto de covid acabou criando um problema maior para o tricolor, que terá quatro jogos em dez dias nas próximas semanas. Somando os encontros do estadual e da Copa Libertadores. O reagendamento de jogos causou alterações inclusive de um jogo atrasado, contra o Caxias, que havia sido agendado para o dia 10 e precisou ser transferido para o dia 16 de abril.

O Conexão Grenal sempre se manifestou contrário a realização de jogo de futebol, ainda mais com o expressivo aumento no número de casos e óbitos registrados em 2021, especialmente em março. Segundo dados oficiais do Ministério da Saúde, o país havia perdido, até o dia 15 de janeiro, 208.246 pessoas para a Covid. Esse número subiu para 275.105, em 12 de março. Hoje batemos os 345.025 óbitos. São quase 70 mil mortos em pouco mais de três semanas.

Se faz necessária a cobrança por uma vacinação mais célere, por medidas restritivas mais sólidas, para evitar o aumento no número de contaminados, e um apoio maior do governo federal para que pessoas não precisam optar entre morrer de Covid ou morrer de fome. Seguimos solidários com amigos e familiares de todas as vítimas da Covid-19.

Escrito por Thales Barreto

Sou Thales Barreto, 34 anos, jornalista e pós graduado em Influência digital: Conteúdo e Estratégia pela PUCRS, especialista em WordPress e em produção de conteúdo para a web.
Leia outras publicações de Thales Barreto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.