Conexão Grenal

Surto de Covid-19 faz partida do Grêmio pela Libertadores ser adiada

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

O Grêmio vive um surto de Covid-19 com dois jogadores positivados dentro da delegação que viajou para o Equador, onde enfrentaria o Independiente Del Valle nesta quarta-feira. A partida foi adiada para a próxima sexta-feira e teve seu local modificado para o Paraguai. A alteração foi divulgada pela Conmebol faltando menos de 24 horas para a realização original do cotejo.

Confira as notícias do Grêmio

Em nota o Grêmio anunciou que os jogadores Paulo Victor e Vanderson testaram positivo já no hotel em Quito. Os atletas estão assintomáticos e devem retornar para Porto Alegre em voo privado, cumprindo os protocolos sanitários. Nesta terça-feira os profissionais do Grêmio foram impedidos de sair do hotel, não podendo treinar no local marcado para o jogo. Com isso o tricolor notificou a Conmebol.



Na última segunda-feira o Grêmio havia anunciado que o treinador Renato Portaluppi estava com Covid-19. “Todos os integrantes do clube são testados em método PCR, diariamente ou a cada dois dias. Aqui em Quito os dois atletas positivos não apresentaram sintoma algum”, informou o médico Márcio Dornelles.  O tricolor anunciou a alteração da partida em nota curta no site oficial. Leia:

O Grêmio informa que a Conmebol reagendou a partida desta quarta-feira, contra o Independientre del Valle, para a próxima sexta-feira, 09 de abril, em Assunção, no Paraguai, às 19h15 de Brasília (18h15 local). A delegação viaja de Quito para Assunção, em horário e data ainda a serem divulgados.

Sair da versão mobile