André Jardine

Foto: Paulo Pinto/ Saopaulofc.net
- Opinião

Efetivações demais e qualidade de menos

A eliminação do São Paulo na primeira fase da pré-Libertadores na última quarta-feira, dia 13 de fevereiro, pode ter sido o fim da linha para o trabalho do treinador André Jardine. Com 10 jogos em 2019, somando 3 vitórias, 1 empate e 6 derrotas, um total de 33,3% de aproveitamento, o gaúcho está com o cargo ameaçado.